Marcelo Sales

Como a convergência entre TI e TO está revolucionando a Internet das Coisas

Blog Post created by Marcelo Sales on Nov 30, 2015

No ano passado, a Hitachi Data Systems e o IDC realizaram, em parceria, uma pesquisa que mostrava a rápida transição sobre como a TI estava sendo consumida dentro das empresas e os impactos que esta mudança acarretava. Acima de tudo, a pesquisa comprovou uma hipótese que o Conselho Global de CTOs da HDS já tinha formulado: o poder de escolha e decisão de compra de tecnologias da informação está migrando para as mãos de executivos de diferentes unidades de negócios, diretores responsáveis pelos processos operacionais das suas corporações.

 

Até aí, nenhuma novidade. Este resultado, no entanto, constatou uma alteração permanente que “representa uma evolução que posiciona a TI no papel de componente integral das operações de negócios”, e não mais uma unidade isolada, que apenas provê tecnologia. Acima de tudo, o resultado confirmou que a relação entre a Tecnologia da Informação (TI) e a Tecnologia Operacional (TO) deve ser cada vez mais próxima, em todas as indústrias.

network-782707_960_720.png

Neste ponto, é importante esclarecermos a que nos referimos quando falamos de Tecnologia Operacional: são todas as tecnologias utilizadas na atividade-fim de uma organização. Para facilitar a compreensão, uma ilustração: pensemos nos robôs atuantes em uma linha de produção de automóveis. Temos aí uma imagem clara da Tecnologia Operacional em ação.

 

Originalmente, as tecnologias operacionais não estavam diretamente ligadas à TI. Ouso dizer, inclusive, que profissionais de TI têm pouco conhecimento sobre TO, e vice-versa. A sinergia entre TI e TO é um conceito que aprofundei desde que passei a fazer parte do Grupo Hitachi, em 2012. A convivência, os projetos e a crescente sinergia entre as mais de 900 subsidiárias do Grupo, que cobrem todos os segmentos da indústria, em todas as partes do mundo, me fizeram entender a importância desta aproximação, ou, melhor dizendo, convergência entre as duas áreas.

 

Não devemos encarar esta convergência como uma aposta, mas sim como a realidade na qual precisamos trabalhar, visto que as tecnologias de Big Data e da Internet das Coisas (Internet of Things) estão transformando as operações das empresas – do chão de fábrica ao seu modelo estratégico.

 

As empresas do Grupo Hitachi apostam em soluções e serviços integrados – é a partir de nosso expertise e oferta de produtos em TO e TI, e da ampla convergência entre as áreas, que somos pioneiros em inovação social, uma estratégia que une mais de 900 empresas do grupo. Saiba mais aqui.

 

Vale ressaltar que estamos numa posição privilegiada para liderar e conduzir a integração entre TO e TI. Produzimos as máquinas que de fato constituem a TO  e possuímos uma importante participação em TI. Afinal, nossas verticais de TI e Telecomunicações  representam 18% do nosso Grupo, ou seja, são nossa maior indústria. O comprometimento do Grupo Hitachi, então, é absolutamente claro e se apresenta em nossa capacidade de obter melhores resultados sociais e de negócios para nossos clientes.

 

Não faltam exemplos de como a TI está, atualmente, integrando conhecimento em datacenters e ajudando equipes operacionais a serem mais eficientes, tomando as melhores – e mais eficientes – decisões para os negócios da empresa. Sensores usados nas plataformas de trem, capazes de reduzir ou ajustar automaticamente suas velocidades de acordo com peso ou mudanças climáticas,  sistemas de controle para a manufatura, carros conectados, insights preditivos para que as empresas de telecomunicações possam atender melhor seus clientes; os exemplos se multiplicam.

 

Nós, gestores e líderes, estamos cada vez mais focados em simplificar processos e no que o IDC chama da terceira plataforma, ou seja, aplicações, dados e conteúdo, além de tempo de comercialização e acesso mais rápido às infraestruturas, qualidade do serviço prestado e controle de resultados-chave de rendimento.  Sem a convergência da TI e TO, é absolutamente inviável atingir estes objetivos.

 

De todos os benefícios decorrentes da integração entre a TI e a TO, o mais relevante para empresas como a Hitachi Data Systems, por exemplo, é que sejam capazes de atender as mais altas demandas de segurança, desempenho, interoperabilidade e compliance das empresas. Nesse sentido, já estamos provendo serviços e soluções inteligentes para indústrias, tanto do setor público como privado.

 

Entendemos que o aumento de complexidade da TI não pode dificultar o crescimento dos negócios e, portanto, estamos focados em oferecer soluções que simplifiquem as operações e melhorem, significativamente, a participação de mercado dos nossos clientes.

 

Até a próxima!

Outcomes